MULHERES NA POLÍTICA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA

  • Stefan Hanatzki Siglinski
  • Janiquele Wilmsen

Resumo

O presente artigo tem escopo de analisar a democracia participativa como meio para solucionar as desigualdades de gênero na política. A política tradicionalmente é concebida como uma profissão masculina. Uma forma para promover a maior participação das mulheres na política, é por intermédio do Orçamento Participativo buscando solucionar questões locais e a inclusão das mesmas nos Conselhos do Orçamento Participativo (COP), participando nos processos decisórios, em busca de uma democracia política de gênero. Para isso, utiliza-se o método de abordagem dialético e a metodologia empregada, quanto à fonte de pesquisa, é bibliográfica.

Publicado
2018-07-17
Como Citar
SIGLINSKI, Stefan Hanatzki; WILMSEN, Janiquele. MULHERES NA POLÍTICA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA. I Congresso Nacional de Biopolítica e Direitos Humanos, [S.l.], jul. 2018. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/conabipodihu/article/view/9327>. Acesso em: 23 ago. 2019.
Seção
GT III – BIOPOLÍTICA, GÊNERO E IDENTIDADE