SOBRE O GOVERNO PRIVADO NA ESCURIDÃO: CONTROLE DE INFORMAÇÃO E DESCARACTERIZAÇÃO DA DEMOCRACIA

  • Maurício Fontana Filho Unijuí
  • Matheus Rasia Unijuí
Palavras-chave: Democracia; Estado; Indivíduo; Informação; Liberalismo

Resumo

O objetivo do presente artigo é expor o sistema democrático, mais precisamente a democracia representativa a partir da proposta de Norberto Bobbio acerca de a democracia ser tomada como o governo do público em público, isto é, o governo da coletividade às luzes – provido de publicidade em contraposição à abrangente dificuldade de busca por informação qualitativa. É utilizada a metodologia dedutiva, propondo premissas, tal qual a ideia de que um governo será tão democrático o quão mais visível for o seu agir, assim como o quão mais substanciais forem as escolhas dos eleitores, e trabalhando a partir delas. Tem como principais resultados a proposta da importância do acesso a informações substanciais, de maneira a não limitar o eleitor a tudo o que a mídia o leva a crer ser conteúdo absoluto e não passível de divergência, mas a existência de um infindável abstrato que pode ser investigado.

Publicado
2018-07-17
Seção
GT I - DEMOCRACIA, VIOLÊNCIA ESTRUTURAL E CONFLITUALIDADE