O COTIDIANO DA SALA DE AULA E O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM: PROFESSOR MEDIADOR, ALUNO PROTAGONISTA

  • Franciele Novaczy Kilpinski UNIJUI
  • Suelen Suckel Celestino
  • Patrícia Nascimento Mattos

Resumo

A prática pedagógica que visa o protagonismo infantil, tendo aluno e professor como autores e construtores do saber, fazem com que o processo de alfabetização seja contínuo e expressivo. O sucesso escolar só acontece quando práticas significativas permeiam o cotidiano da sala de aula, onde todos os sujeitos implicados no processo de ensino aprendizagem se envolvem com interesse, dinamismo e reciprocidade. O processo de aprendizagem é um processo de interação, social que vai muito além de codificar e decodificar signos/símbolos. Alfabetizar é promover contato e relações com as letras, conceitos, informações, mas muito mais que isso é integrar conhecimentos e sujeitos, proporcionando interação, debate, pesquisa, instigando a curiosidade, a reflexão e o ponto de vista, por isso alfabetizar é algo muito maior que somente aprender ler e escrever, é um processo que acontece durante todo o processo de aprendizagem dentro de todas as áreas do conhecimento, de forma que o indivíduo possa interagir com os conhecimentos relacionando-os entre si e dentro do meio o qual está inserido.
Publicado
2018-02-15
Como Citar
NOVACZY KILPINSKI, Franciele; SUCKEL CELESTINO, Suelen; NASCIMENTO MATTOS, Patrícia. O COTIDIANO DA SALA DE AULA E O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM: PROFESSOR MEDIADOR, ALUNO PROTAGONISTA. Seminário Internacional de Alfabetização, [S.l.], fev. 2018. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/alfabetizacao/article/view/8713>. Acesso em: 17 ago. 2019.