Assessoramento em Escolas de Educação Infantil: Uma experiência de avaliação de processo com as professoras

  • Denise Motta Marchand UNIJUI
  • Noeli Valentina Weschenfelder

Resumo

Este artigo apresenta reflexões sobre a participação das autoras junto a um projeto de assessoramento a Escolas de Educação Infantil. O projeto teve a duração de dois anos, contando com metodologias de trabalho participativas. A fase inicial do assessoramento esteve apoiada em visitas técnicas com observação participante e reuniões de sistematização junto a pequenos grupos, avançando ao longo do segundo ano para visitas técnicas com formações em contexto ampliadas ao coletivo de trabalho em cada escola participante, com atenção especial às professoras de educação infantil. A análise dedica atenção sobre a avaliação final do assessoramento realizada pelas professoras de 04 escolas que participaram do processo. Esta avaliação final foi realizada a partir de rodas de conversa com as professoras e suas respectivas equipes em cada escola participante, sendo documentadas pelas autoras através de registros em diário de campo, fotografias e pequenas filmagens, que posteriormente foram sistematizadas e analisadas, gerando categorias de análise em torno das quais estiveram organizadas as discussões e reflexões. As categorias de análise geradas dizem respeito aos tópicos: comparação entre as metodologias utilizadas durante o assessoramento; o chão da escola como metáfora das práticas pedagógicas; o assessoramento enquanto possibilidade de vivência de um processo; a oportunidade de se produzir estranhamentos e de se fazer a revisão de concepções; a superação da ansiedade e da fantasia de aniquilação que acompanha o processo de assessoramento; a apropriação de conhecimentos e a construção da autonomia; o efeito multiplicador dos processos de formação em nível de rede; e, por fim, a validação do envolvimento das famílias nos encontros de assessoramento.
Publicado
2018-02-15
Seção
Artigos Científico